Marketing Digital para fugir da crise

A crise econômica chegou e não deve ser ignorada. Ao contrário do que pode parecer, porém, essa situação oferece oportunidades para que as empresas se reinventem e  invistam em novas formas de divulgação. Uma grande alternativa é o meio digital. Nos últimos anos, cada vez mais empresas têm lançado mão de ações e ferramentas de marketing pela internet, tais como SEO, Google AdWords, redes sociais e serviços diversos, aproveitando o desenvolvimento crescente do universo online.

Marketing digital dá resultado, e os casos de sucesso em divulgação nesse meio multiplicam-se. Porém, algumas empresas ainda trabalham nas plataformas online sem contar com profissionais qualificados. Por isso, muitas vezes não alcançam os resultados esperados.

O universo online é um mercado gigante a ser explorado, visto que o consumidor mudou seus hábitos por conta dele. Atualmente, praticamente todo mundo faz pesquisas na internet antes de comprar algo. E, para se adequar, a esse contexto, as empresas precisam trabalhar a sua presença digital de forma profissional”, afirma Emmanuel Macarini, diretor de Desenvolvimento Web do Estudio Load, empresa de Cachoeiro que tem se destacado na prestação de serviços de marketing digital.

Atuando no mercado há três anos, a Load foi recentemente certificada pela Google. O diretor de Projetos da empresa, Guilherme Freitas, destaca a necessidade se investir em marketing digital: “Se antes a presença online das empresas era vista como um diferencial, hoje isso se tornou obrigatório. Em um mercado tão concorrido, uma empresa que não está online pode não existir para grande parte dos consumidores.”

82% dos usuários de smartphones no Brasil utilizam algum mecanismo de pesquisa quando procuram uma empresa local, próxima de onde estão.

Atuando há três anos no mercado, o Estúdio Load possui em seu portfólio empresas como a Unimed Sul Capixaba, Barezy, Magban, Marbrasa, Alto Liberdade, Instituto Embelleze, Florente Semijóias, Acisci, Great Invest, entre outros.


Publicado em 26 de Abril de 2016
Link da materia: http://www.revistaleia.com/leia/pagina_interna.asp?nID=10024&tp=3